População do Assu e do Vale terá facilidade na posse de arma

DIDA SAMPAIO 2.jan.2019/ESTADÃO CONTEÚDO

Com uma taxa CVLIs de 58,4 por 100 mil habitantes, a cidade do Assú e as demais do Vale do Açu como Itajá, Ipanguaçu, São Rafael, Carnaubais, Porto do Mangue, Pendências, Alto do Rodrigues, além das Santana do Matos, Guamaré,
Serra do Mel, Macau e Pedro Avelino, estão na lista das exigências do decreto
de flexibilização da posse de armas se for publicado nesta semana pelo presidente Bolsonaro.

No caso das citadas cidades acima com taxa superior a 10 Crimes Violentos Letais Intencionais, a população será beneficiada com maior facilidade, mas o
decreto presidencial manterá outras exigências para a obtenção da posse, como a idade mínima de 25 anos e a comprovação de capacidade técnica e psicológica para manusear o armamento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: