‘Moro pescava de varinha, agora vai ser de rede arrastão’, diz Bolsonaro

O presidente eleitoJair Bolsonaro (PSL), prometeu um intenso combate à corrupção durante seu governo com o juiz federal Sérgio Moro à frente do Ministério da Justiça. “Moro vai pegar vocês, corruptos. Antes ele pescava de varinha, agora vai ser com rede de arrastão de 500 metros”, afirmou durante live realizada em sua conta no Facebook nesta sexta-feira, 9

O presidente eleitoJair Bolsonaro (PSL), prometeu um intenso combate à corrupção durante seu governo com o juiz federal Sérgio Moro à frente do Ministério da Justiça. “Moro vai pegar vocês, corruptos. Antes ele pescava de varinha, agora vai ser com rede de arrastão de 500 metros”, afirmou durante live realizada em sua conta no Facebook nesta sexta-feira, 9.

Ele também disse que Moro terá carta branca para trabalhar e voltou a dizer que conversou com o juiz somente após o segundo turno das eleições 2018. Antes, ele disse que a única interação entre os dois havia sido meses antes em uma conversa rápida em um aeroporto. Com isso, Bolsonaro afasta questionamentos sobre interferências no processo eleitoral e a possibilidade de que o convite para assumir o ministério tivesse sido feito antes da hora.

“Conversei uma vez com ele tem uns oito ou dez meses atrás, no aeroporto. Alguns dias depois ele ligou para mim, conversamos por uns dez minutos. Durante a campanha toda, nunca conversei com Sérgio Moro. Fui conversar com ele depois do segundo turno das eleições. Ele veio na minha casa, apresentou o que queria caso aceitasse o ministério da Justiça. Não tenho como falar não”, disse. 

Um braço do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), atualmente inserido no Ministério da Fazenda, irá para a Justiça, porque, para combater a corrupção e o crime organizado, Moro deverá “seguir o dinheiro”, disse o presidente eleito.

“Ele quer que a Polícia Federal realmente esteja sob o seu guarda-chuva. Para isso tive que trazer o Ministério da Segurança para dentro da Justiça. Então, ele vai ter toda liberdade para combater a corrupção e o crime organizado”, afirmou Bolsonaro. Ana Neira e Fernanda Nunes, O Estado de S.Paulo

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: