Garibaldi e Agripino votam a favor do aumento de ministros do STF

Resultado de imagem para agripino e Garibaldi

Os dois mais importantes e tradicionais caciques da política do Estado do Rio Grande do Norte: Garibaldi Filho(MDB) e José Agripino(DEM), que ficarão sem mandatos, pelo menos, durante os próximos quatro anos, votaram a favor do reajuste de 16,38% nos salários de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Apesar da derrota dos representantes das famílias Alves e Maia, Agripino e Garibaldi, aprovaram o aumento que terá um efeito em cascata para a União e sobretudo para os Estados, que já enfrentam grave crise financeira e correm risco de insolvência justamente devido ao elevado comprometimento de suas receitas com o pagamento da folha de pessoal.

Com o aval de Agripino e Garibaldi, que a população expulsou temporariamente da vida pública, a remuneração dos ministros irá subir de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. O impacto será de R$ 4 bilhões/ano para União e estados.

A atual senadora do PT e governadora eleita do RN, Fátima Bezerra, votou contra o aumento dos ministros do STF.

Veja como cada senador votou:

A FAVOR DO AUMENTO

Acir Gurgacz (PDT-RO)

Aécio Neves (PSDB-MG)
Ângela Portela (PDT-RR)
Antonio Anastasia (PSDB-RR)
Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
Armando Monteiro (PTB-PR)
Ataídes Oliveira (PSDB-TO)
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
Cidinho Santos (PR-MT)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Dalírio Beber (PSDB-SC)
Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eduardo Amorim (PSDB-SE)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Eduardo Lopes (PRB-RJ)
Fernando Coelho Bezerra (MDB-PE)
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN)
Hélio José (Pros-DF)
Ivo Cassol (PP-RO)
Jorge Viana (PT-AC)
José Agripino (DEM-RN)
José Amauri (Podemos-PI)
José Medeiros (Podemos-MT)
José Serra (PSDB-SP)
Otto Alencar (PSD-BA)
Paulo Bauer (PSDB-SC)
Paulo Rocha (PT-PA)
Raimundo Lira (PSD-PB)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Roberto Rocha (PSDB-MA)
Romero Jucá (MDB-RR)
Rose de Freitas (Podemos-ES)
Sérgio Petecão (PSD-AC)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Telmário Mota (PTB-RR)
Valdir Raupp (MDB-TO)
Vicentinho Alves (PR-TO)
Walter Pinheiro (sem partido-BA)
Wellington Fagundes (PR-MT)
Zezé Perrela (MDB-MG)

CONTRA O AUMENTO

Airton Sandoval (MDB-SP)
Cristovam Buarque (PPS-DF)
Fátima Bezerra (PT-RN)
Givago Tenório (PP-AL)
José Pimentel (PT-CE)
Lídice da Mata (PSB-BA)
Lúcia Vânia (PSB-GO)
Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
Regina Sousa (PT-PI)
Reguffe (sem partido-DF)
Ricardo Ferraço (PSDB-ES)
Roberto Requião (MDB-PR)
Ronaldo Caiado (DEM-GO)
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM)
Wilder Morais (DEM-GO)

ABSTENÇÃO

José Maranhão (MDB-PB)

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: